📮Reflexão da semana #10|Trabalhar no que se gosta VS gostar daquilo em que se trabalha

Olá pessoal, antes de mais boa segunda e boa semana!

Ultimamente tenho me deparado com a necessidade de pensar, e muito, não questão do trabalho. O que nos move a escolher determinado caminho, quando essa decisão deve ser tomada, se tem que ser definitiva ou se pode ir mudando ao longo do tempo, o impacto que isso tem na nossa vida…enfim. Uma série de questões aleatórias sobre o Mercado do Trabalho e da profissão que escolhemos.

E apesar de não chegar a uma conclusão concisa sobre o assunto uma vez que cada um é um ser individual e com nuances bem diferenciadas, a conclusão baseia-se em alguns pontos:

  • Se fizermos tudo com gosto é mais fácil e mais rapidamente entenderemos o que não gostamos e o que não queremos seguir.
  • Entendermos que cada experiência faz parte do nosso crescimento como ser individual e aproveitar cada experiência ao máximo é importante.
  • Experimentar permite-nos decidir mais claramente o que gostamos ou não de fazer, pois se nunca experimentarmos nunca saberemos.
  • Às vezes a solução passa por tomarmos a decisão de trabalhar no que gostamos mesmo que o salário seja inferior. Nada paga a nossa paz de espírito!
  • Se somos obrigados, pelas circunstâncias da vida a fazer algo que não gostamos. Tentar aprender a gostar do que se está a fazer pode ser uma opção.
  • Às vezes fazer dinheiro através daquilo que se ama, mesmo que pareça improvável, pode ser uma opção. Porque quando alguém ama muito (e essa opção é para aqueles que já sabem o que amam) aquilo que faz, consegue tornar-se um mestre, reinventar-se e mostrar ao mundo o seu valor no mercado.

Para finalizar A vida é uma luta e lutar até ao fim é o segredo! Por isso mudem se for necessário, procurem soluções, reinventem-se… só não deixem aquilo que vocês fazem consumir-vos porque não o fazem com Amor.

Beijinho 😘<

Deixar uma resposta